Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 20-09-2018
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 08-03-2018

Secção: Sociedade

Música
“O Jardim” de Isaura ganha Festival da Canção
Tempo de leitura: 2 m
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

foto
 Clique na imagem para a aumentar.
A canção “O Jardim”, composta por Isaura e interpretada por Cláudia Pascoal, foi a vencedora do Festival da Canção e o tema vai representar Portugal no Festival Eurovisão, que decorrerá de 8 a 12 de maio no Altice Arena de Lisboa.

“O Jardim” teve os mesmos votos que “Para Sorrir Eu Não Preciso de Nada”, que Júlio Resende compôs e cuja letra Camila Ferraro escreveu para a voz de Catarina Miranda, mas valeu-lhe a votação do público. A luta entre as duas músicas foi renhida com “O Jardim” a conquistar 12 pontos do público (que em caso de empate prevalecia) e dez do júri, enquanto “Para Sorrir Eu Não Preciso de Nada” obteve 12 do júri e dez do público. Depois da vitória e em declarações ao “Público”, Isaura Santos dizia que, «como esperava, havia várias canções que poderiam ter ganho», mostrando-se «agradecida» por ir à Eurovisão. Repetir a vitória de 2017 não será fácil, mas não impossível: «Aquilo que o Salvador e a Luísa fizeram, naquele momento tão bonito, é difícil de repetir, mas vamos dar o nosso melhor e agora temos dois meses para nos prepararmos e melhorar, no sentido de termos a melhor representação possível», garantiu a cantora e compositora.

Nascida na Guarda e criada em S. Paio (Gouveia), Isaura começou a dar nas vistas em 2010 com a participação na “Operação Triunfo”, e depois notabilizou-se com o single “Useless”, acabando por lançar o primeiro EP, “Serendipity”, em 2015. No ano seguinte editou o single “8” e em 2016 surgiu “I need ya”, ao mesmo tempo que atuava ao vivo em salas ou festivais. Isaura começou a tocar em bares com um amigo quando tinha 16/17 anos. Mas o despertar para a música veio muito antes e desenvolveu-se a partir do gosto pela guitarra, que aprendeu a tocar aos 11 anos. A canção que levou ao Festival da Canção foi composta a pensar na avó, que morreu há cerca de um ano. Licenciada em Biologia Celular e Molecular, Isaura é mestre em Comunicação e trabalha como jornalista de Ciência, mas no seu «mundo ideal» escrevia, compunha e produzia canções «todos os dias», disse em 2014 a O INTERIOR.


Votar:
Resultado:
58 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Comentários dos nossos leitores
Sofia Jerónimom.sofia.jeronimo@gmail.com
Comentário:
Linda homenagem aos avós que tanto se preocupam com os netos nesta nossa sociedade sempre em correria.É um tributo precioso de uma neta que, através da música, presta à sua avó, cuja partida lhe deixou imensa saudade. A melodia condiz com essa saudade e amor. Parabéns à autora, Parabéns à cantora.
 

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.