Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 16-08-2018
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 08-02-2018

Secção: Desporto

Serranos cederam empate caseiro com equipa em zona de despromoção num jogo decidido no último quarto de hora
Oliveirense atrasa Sp. Covilhã no Santos Pinto
Tempo de leitura: 2 m
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

Gilberto foi um dos covilhanenses mais inconformados no jogo de domingo
Gilberto foi um dos covilhanenses mais inconformados no jogo de domingo  Clique na imagem para a aumentar.
O Sp. Covilhã e a Oliveirense empataram 1-1 no domingo em jogo da 23ª jornada da IIª Liga, num resultado que não estava nos planos dos serranos após a derrota em Guimarães na semana anterior.

A primeira metade foi combativa, com as equipas a privilegiarem o momento defensivo, com pouco espaço concedido. A Oliveirense foi a formação que criou as melhores ocasiões para marcar, a mais flagrante aos 6’, quando o cruzamento largo de Diogo Valente foi desviado pelo vento para a baliza de Igor Rodrigues. A bola passou por cima do guardião serrano e bateu no poste. João Amorim também tentou a sorte de longe, por cima, e Riascos, aos 14’, viu o guardião serrano defender para canto o cabeceamento do colombiano. Igor Rodrigues voltou a estar em evidência quando travou o remate de Ricardo Tavares. A resposta dos locais chegou por Reinildo. Servido por Makouta, o moçambicano isolou-se, mas permitiu a mancha de Júlio Coelho. Antes do descanso, Índio esteve em boa posição para inaugurar o marcador, mas demorou e perdeu espaço.

No segundo tempo foi o Covilhã a atirar ao poste, logo aos 48’, num cabeceamento de Seidi. Já aos 62’, os “leões da serra” voltaram a ver o “ferro” negar-lhes o golo, quando, num ataque rápido, Fatai cruzou para Reinildo e o jogador emprestado pelo Benfica voou para o cabeceamento, que acertou novamente no poste direito. No lance seguinte, num contra-ataque, faltou a pontaria a Sérgio Ribeiro. Com as linhas mais subidas e com mais ritmo, os serranos foram a equipa mais perigosa e Reinildo voltou a obrigar à intervenção do guardião visitante aos 67’. Contudo, foi a Oliveirense que marcou por João Amorim, aos 77’, que recebeu o cruzamento de Diogo Valente e, de primeira, rematou forte. Igor Rodrigues ainda tocou na bola, mas não a conseguiu agarrar.

Seis minutos depois, o Sp. Covilhã empatou, numa grande penalidade convertida por Fatai, a sancionar falta de Ricardo Tavares sobre Seidi. Nos últimos minutos, a Oliveirense, que continua em zona de despromoção, criou perigo em bolas paradas, embora Vitó, na outra baliza, também tenha tentado desfazer a igualdade, sem sucesso.


Votar:
Resultado:
50 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.