Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 21-09-2017
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 07-09-2017

Secção: Desporto

Em jogo em atraso da 4ª jornada da IIª Liag, os serranos estiveram a ganhar até perto do final, mas dois autogolos garantiram um empate inesperado à Oliveirense
Sp. Covilhã deixa fugir vitória com dois autogolos
Tempo de leitura: 2 m
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

Diarra estreou-se a marcar esta época ao fazer o segundo golo do Covilhã
Diarra estreou-se a marcar esta época ao fazer o segundo golo do Covilhã  Clique na imagem para a aumentar.
O Sp. Covilhã voltou a deixar escapar os três pontos da vitória no domingo, ao conceder um empate a duas bolas frente à Oliveirense. Os serranos estiveram a ganhar até perto do final, mas dois autogolos garantiram a igualdade inesperada aos anfitriões.

Em jogo em atraso da 4ª jornada da IIª Liga, realizado em Aveiro, a Oliveirense criou mais e melhores oportunidades, enquanto a frieza finalizadora quase valeu o triunfo dos visitantes. A primeira ocasião dos locais aconteceu aos 8’, quando Riascos, frente a Igor Rodrigues, atirou à figura e, aos 35’, numa boa jogada coletiva, Serginho serviu o avançado colombiano, que, sem o guardião na baliza, foi travado pelos defesas. Dois minutos depois, os covilhanenses chegaram ao golo num livre em que a bola foi “bombeada” para a área e sobrou para Joel, que, frente a Coelho, só teve de encostar. Ainda antes do intervalo, Alemão cruzou rasteiro e Diogo Valente amorteceu para João Amorim rematar mas por cima.

No segundo tempo, os serranos aumentaram a vantagem aos 53’ no final de uma boa jogada pela direita. Hudson cruzou para a área e Diarra antecipou-se à defesa local para cabecear certeiro. Em desvantagem, Pedro Miguel mexeu no ataque e, aos 80’, Cuero surgiu sozinho na direita da área e rematou para uma grande defesa de Igor Gonçalves.

Aos 87’, o recém-entrado e contratado Sérgio Ribeiro tirou um cruzamento traiçoeiro e o covilhanense Djikiné marcou na própria baliza ao tentar afastar a bola. Já em tempo de descontos, aos 94’, foi Joel que fez autogolo ao desviar um remate de Riascos, de fora da área. Igor Gonçalves nada pôde fazer e ficou “pregado” ao relvado. Tal como na época anterior, continua atribulado e inconsistente o início do campeonato dos covilhanenses.


Votar:
Resultado:
40 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.