Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 22-06-2017
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 20-04-2017

Secção: Cultura

Ana Moura em dose dupla no 12º aniversário do TMG
Tempo de leitura: 2 m
 
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

No 25 de abril, no âmbito da celebração do 12º aniversário do Teatro Municipal da Guarda (TMG), vai ecoar pelo grande auditório uma das vozes mais emblemáticas do fado português contemporâneo, a de Ana Moura.

Fadista dá segundo concerto na quarta-feira porque primeiro espetáculo está esgotado há várias semanas
Fadista dá segundo concerto na quarta-feira porque primeiro espetáculo está esgotado há várias semanas  Clique na imagem para a aumentar.
O concertos de terça-feira e quarta-feira já estão esgotados. A artista vai apresentar o seu álbum mais recente, intitulado “Moura”, que foi produzido por Larry Klein, com quem já havia trabalhado no anterior “Desfado” (2013), que atingiu a marca de quíntupla platina por ter sido o disco mais vendido em Portugal nos últimos anos. O sexto trabalho foi gravado nos Henson Recording Studios, em Hollywood, e conta novamente com a colaboração de nomes grandes da música portuguesa, como Carlos Tê e Samuel Úria – que assinam cada um tema por inteiro, música e letra –, Jorge Cruz (Diabo na Cruz), Edu Mundo, Sara Tavares, Kalaf (Buraka Som Sistema). Há ainda letras de José Eduardo Agualusa musicadas pelo angolano Toty Sa’Med. Em “Moura”, a fadista conta ainda com as colaborações de Márcia Santos, Miguel Araújo, Pedro da Silva Martins, Luís José Martins (ambos dos Deolinda) e Pedro Abrunhosa.

Há também fado tradicional, com as composições de Manuela de Freitas e de Maria do Rosário Pedreira. Ana Moura tem um estilo muito peculiar de interpretar o fado, ao qual tem acrescentado a descontração da música pop. Natural de Santarém, a fadista começou a cantar fado com regularidade após Maria da Fé a ter convidado a atuar na sua casa de fados, “Senhor Vinho”, em Lisboa. “Desfado” foi editado mundialmente pela Universal Music, através da Decca, e liderou as tabelas em Portugal e de World Music em Inglaterra, Espanha e Estados Unidos.


Votar:
Resultado:
40 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.