Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 17-08-2017
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 18-10-2012

Secção: Atualidade

Turismo de Portugal quer vender antigo Hotel Turismo da Guarda

Organismo estatal desiste de construir escola de hotelaria e quer desfazer-se do edifício que adquiriu à Câmara há cerca de um ano e meio

Tempo de leitura: 2 m
 
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

O Hotel Turismo da Guarda está novamente no mercado, cerca de ano e meio depois de ter sido adquirido à Câmara Municipal pelo Instituto de Turismo de Portugal, que se comprometeu a instalar ali uma escola de hotelaria. Contudo, este organismo estatal diz agora a OINTERIOR que não avançará com a obra e que pretende «vender» o emblemático edifício.

Através do seu Departamento de Relações Públicas, o Turismo de Portugal justifica a sua posição com a recente «reorganização da rede de escolas», que levou à descontinuação de dois estabelecimentos e à transferência de outros tantos para a esfera autárquica. Nesse sentido, a mesma fonte argumenta que «não faz sentido» a criação de uma nova escola de hotelaria e turismo na Guarda «depois de se fecharem outras, noutros pontos do país». O instituto revela que o encerramento de escolas se ficou a dever à «falta de verba para investir nos próximos anos» e que, «se não há verba para as escolas que já existiam, menos disponibilidade haverá para investir na criação de um novo estabelecimento». O Turismo de Portugal refere ainda que, «por força dos constrangimentos financeiros», o momento «não é o indicado» para «delinear e investir num projeto alternativo» e admite por isso «não ter um destino definido» para o edifício do antigo Hotel Turismo.

O novo proprietário diz estar neste momento a «analisar a situação», mas adianta que «há a intenção de vender ou concessionar» o imóvel.

Recorde-se que o Hotel Turismo da Guarda foi vendido ao Turismo de Portugal por 3,5 milhões de euros em maio de 2011, com o objetivo de transformar a unidade na primeira escola de hotelaria especializada em saúde e bem-estar do país. O investimento, orçado em 10 milhões de euros, deveria ver a luz do dia no início do próximo ano letivo, mas é agora certo que não sairá do papel


Votar:
Resultado:
220 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.