Última Hora | RSS RSS | Arquivo | Ficha Técnica | Classificados | Inquéritos | Fórum | Futebol | Tempo | Farmácias | Publicidade | Newsletter | Pesquisa Avançada | Contactos | Área de Assinantes
Edição de 31-07-2014
Pesquisa:

Arquivo: Edição de 01-03-2012

Secção: Desporto

Equipa da Guarda soube aguentar a avalanche ofensiva figueirense na segunda parte e somou o quarto jogo sem perder
Mileu segura empate
Por: Fábio Gomes
Tempo de leitura: 2 m
Bookmark and Share
Aumentar Tipo de LetraDiminuir Tipo de Letra

Fábio, marcador do golo do Mileu, em luta com a defensiva figueirense
Fábio, marcador do golo do Mileu, em luta com a defensiva figueirense
Mileu e Ginásio Figueirense empataram a uma bola no passado domingo, no Campo António dos Santos, numa boa partida de futebol.

Os locais entraram melhor no jogo e abeiraram-se da baliza logo no primeiro minuto, com um remate de Mauro que fez a bola passar um pouco ao lado. Aos 10’ foi Fred a atirar à figura de Cobra na marcação de um livre. O Figueirense sacudiu um pouco a pressão à passagem do primeiro quarto de hora, quando Faneca, de cabeça e depois num remate de meia distância, pôs à prova os reflexos de Tiago. A partida continuava a ser essencialmente disputada a meio-campo, mas era o Mileu que exercia um maior ascendente e que jogava de forma mais esclarecida. Aos 24’, a bola voltou a rondar com perigo a baliza visitante, num cabeceamento de Jorge que Cobra defendeu bem. Do outro lado, Gato apareceu bem solicitado na área, mas falhou o remate de primeira. Mais tarde foi Pedro Mesquita que não conseguiu marcar após boa jogada individual.

Aos 36’, o Mileu voltou a criar perigo, com um bom cruzamento de Mika que Fábio desperdiçou. Mas, cinco minutos mais tarde, o mesmo Fábio, lançado nas costas da defesa figueirense, não perdoou e inaugurou o marcador com um remate colocado. A equipa da casa chegou ao intervalo a vencer, materializando a ligeira superioridade exercida neste período. No regresso dos balneários, o Mileu voltou a ser a primeira equipa a criar perigo, novamente por Fábio, que obrigou João Manso, recém-entrado para o lugar de Cobra, a fazer uma defesa a dois tempos. Contudo, depois deste lance, os guardenses “desapareceram” e o Figueirense tomou conta do jogo, mas sem incomodar Tiago, muito por mérito do acerto defensivo do Mileu.

Os únicos lances dignos de registo aconteceram aos 56’: Faneca, de livre, obrigou Tiago a uma defesa apertada e no canto que daí resultou o mesmo jogador quase marcou, mas a bola bateu na trave. Foi preciso esperar pelos 74’ para se assistir a nova oportunidade de perigo, desta vez por Celso, que, lançado em velocidade, atirou para boa defesa de Tiago. Aos 79’, Celso apareceu novamente na área para cabecear à figura do guarda-redes, mas na jogada seguinte a bola voltou para os pés do avançado figueirense, que empatou a partida com um chapéu de belo efeito. Os dez minutos finais foram de intensa pressão, com os visitantes a procurarem o golo da vitória, mas sem resultados. O Mileu soube sofrer e acabou por garantir um empate que premeia a boa exibição da primeira parte e a solidez defensiva na etapa complementar. O trio de arbitragem, chefiado por Gonçalo Martins, realizou um bom trabalho.


Votar:
Resultado:
247 Votos
Imprimir Artigo
Enviar por Email
Comentário Privado
Comentário Publico
Adicionar Favoritos

Diga o que pensa sobre este artigo. O seu comentário será publicado online após aprovação da redacção.

Comentários Nome
Email
Código de VerificaçãoInsira os algarismos da figura
Anónimo
MEO Kanal 401262
© 2009 O Interior | Rua da Corredoura, 80 - R/C Direito C - 6300 Guarda | Telefone geral: 271 212 153 - Publicidade: 271 227 349 - fax: 271 223 222
Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.